É na incrível ilha de Oahu que se localiza a capital do Hawaii, Honolulu. Também é lá que fica o Daniel K. Inouye International Airport (Aeroporto Internacional de Honolulu), porta de entrada da maioria dos turistas que chegam ao Hawaii.

Não é por acaso que Oahu ganhou o nome de “The Gathering Place”: lá tem opções de diversão para todos os tipos de viajantes. Se você gosta de conhecer a cultura local, pode ir a um luau, a tradicional dança havaiana ou visitar os diversos museus que contam a história do arquipélago. Já se você é do tipo que gosta de fazer compras, também não irá se decepcionar, pois o que não faltam são lojas, shoppings e outlets onde marcas como Victoria’s Secret e Louis Vuitton marcam presença.

Honolulu é, sem dúvida, a cidade mais desenvolvida do Hawaii e, por isso mesmo, divide opiniões: há quem diga que seus grandes resorts, restaurantes e baladas fizeram com que perdesse a essência havaiana. Mas muitos turistas se apaixonam pelo local exatamente por isso.

Não deixe de visitar a região de Waikiki que, além de lindíssima, abriga muitas praias, um zoológico e é de onde muitas pessoas partem para conhecer o vulcão Diamond Head.

Também é lá que se encontra a única praia paga do Hawaii, a estonteante Hanauma Bay. Além disso, é possível agendar passeio para conhecer os locais onde foram filmadas varias produções como a série Lost e os filmes Parque dos Dinossauros e Como Se Fosse a Primeira Vez.

Outra atração imperdível é o Museu do Pearl Harbor, que conta a história do Hawaii, incluindo as guerras que resultaram no domínio norte-americano sobre o arquipélago em 1900.

A vida em Honolulu é agitada como a de qualquer grande cidade: suas baladas, restaurantes de alto nível, museus e transporte público de qualidade, além das lojas e ótimos hotéis dão o tom do local. Mas tudo isso ganha uma beleza única graças às belas praias, montanhas, parques e bairros exóticos. Alguns problemas típicos de regiões metropolitanas também existem por lá: trânsito intenso, preços altos e criminalidade.

Quem busca por dias de pura tranquilidade, pode preferir se hospedar fora de Waikiki, na costa leste ou oeste, por exemplo, onde o contato com a natureza é garantido. Também é possível explorar Oahu em busca de atrações como praias de areia branquinha, cidades badaladas e, para quem gosta de surfe, as ondas do North Shore.

NOSSA EXPERIÊNCIA

a primeira impressão de Oahu foi bem diferente da que tivemos de outras ilhas. Logo na saída do aeroporto já demos de cara com pontes e viadutos, bem ao estilo de uma grande cidade.

Mas, apesar do aspecto de metrópole, em nenhum momento sentimos a atmosfera caótica típica desses locais, com multidões de pessoas se esbarrando e fluxo absurdo de carros para todo lado.

E antes que você pense que Oahu é uma ilha majoritariamente urbana, já vamos avisando que essa foi só a primeira impressão causada pela região do aeroporto e da locadora de carros. Bastou avançarmos alguns quilômetros estrada adentro e a paisagem deslumbrante começou a despontar, harmonizando perfeitamente com a cidade em um cenário sensacional.

Confesso que não tínhamos muita ideia de como seria a parte mais central de Waikiki, mas a experiência nos surpreendeu positivamente: ficamos de queixo caído com a perfeição do lugar, que parecia ter saído de um filme.

Uma coisa que você vai perceber em Oahu é que o número de turistas é muito maior que nas outras ilhas e, além disso, os pontos turísticos ficam bem mais cheios do que outros que nós visitamos.

A infraestrutura de cidade grande não ofusca, em nenhum momento, as belezas naturais. Aliás, o mais bacana do lugar é justamente essa combinação equilibrada, com tudo o que nós precisávamos em meio a praias deslumbrantes e montanhas com vistas de tirar o fôlego.

Outra coisa de que gostamos na região central de Waikiki é que os restaurantes e lojas ficavam abertos até mais tarde e, por isso, sempre tinha bastante gente na rua, em um clima bem gostoso, que nos lembrou dos finais de ano que passávamos com a família na praia na infância. Mas o grande número de viajantes também tem um lado negativo: você provavelmente irá enfrentar mais filas para comer por lá do que em outras ilhas. Por isso, já prepare-se para exercitar a paciência.

Toda essa parte de Waikiki e região central nos deixou babando, com uma sensação surreal de fazer parte de um filme ou da série Hawaii 5-0 e isso trouxe uma alegria imensa para a nossa viagem.

O outro lado da ilha não ficou atrás no quesito encantamento: as paisagens do tão disputado Jardim Botânico – o Hoʻomaluhia Botanical Garden – e o sensacional passeio por locais de filmagens no Kualoa Ranch, com as montanhas ao fundo, foram inesquecíveis.

Além disso, as lindas praias da costa norte, o clima de surf e as diversas atrações não nos deixavam um minuto sequer pensar em outra coisa senão em tentar otimizar o tempo para conhecer o máximo de locais possíveis!

Para saber tudo o que você precisa antes de ir para o Hawaii, CLIQUE AQUI e leia o nosso post principal com as dicas sobre esse lugar maravilhoso.

ÍNDICE:

  • COMO CHEGAR EM OAHU
  • COMO SE LOCOMOVER EM OAHU
  • ONDE SE HOSPEDAR EM OAHU
  • ONDE COMER EM OAHU
  • COMPRAS EM OAHU
  • DESTAQUES EM OAHU
  • O QUE FAZER EM OAHU
  • DICAS
  • RESUMO FINAL

COMO CHEGAR EM OAHU

A maneira mais rápida de chegar até Oahu é via Los Angeles ou São Francisco, na Califórnia (não existem voos diretos do Brasil). As principais companhias que fazem o trajeto dentro dos Estados Unidos são a Delta Airlines, a American Airlines, a United Airlines, a Hawaiian Airlines e a Southwest. Para fazer os trechos entre ilhas no território havaiano, recomendamos a Hawaiian Airlines, mas há outras opções que detalhamos no post principal.

O único aeroporto em Oahu é o Daniel K. Inouye International Airport (HNL), e é o principal aeroporto do Hawaii.

Aeroporto de Oahu

COMO SE LOCOMOVER EM OAHU

Nossa sugestão é que você alugue um carro, pois as distâncias entre os principais pontos são grandes, mas compartilhamos as opções populares, afinal, Oahu tem o melhor transporte público do Hawaii, apesar de não funcionar em algumas regiões mais remotas.

O The Bus tem uma vasta frota de ônibus que cobre 110 rotas – algumas com serviço expresso para agilizar a viagem. Caso você vá ficar na ilha por um longo período e escolha essa opção, vale a pena comprar um passe ilimitado mensal.

O Waikiki Trolley é um serviço de bonde que atende Waikiki, Honolulu e a costa leste. Uma das opções mais econômicas de transporte que passa por vários pontos turísticos famosos e você pode adquirir os passes para um, quatro ou sete dias.

Se você gosta de pedalar, o Biki – serviço de compartilhamento de bicicletas – é uma ótima opção. Os bairros de Chinatown, Downtown e Diamond Head são os que concentram o maior número delas. No site você encontra o mapa de estações.

Tem também a opção de andar de Uber e Lift, porém além de ficar mais caro, você pode acabar ficando muito limitado, pois alguns lugares são remotos e mais difíceis de achar.

E se o seu roteiro incluir passeios para locais onde os ônibus não passam, nossa recomendação – depois do aluguel de um carro – é que você contrate tours de agências de turismo locais ou serviço de carro privado. As agências mais conhecidas, e que viamos em todo lugar – são a Roberts Hawaii, a Polynesian Adventure e a SpeediShuttle.

Nossa experiência: os carros das locadoras em geral, não só em Oahu, eram muito mal cuidados, mesmo alguns que conhecemos como “carrões”.  Nós ficamos cerca de 20 minutos escolhendo para tentar evitar problemas, como tivemos em outras ilhas, e, no final, escolhemos um Jeep Cherokee, que estava bem maltratado. Mesmo assim, ele nos serviu muito bem.

Para dirigir na ilha é preciso redobrar a atenção, principalmente porque as ruas são mais movimentadas, por conta do alto número de turistas e moradores.  Mas nada a se preocupar, já que as pessoas são bem tranquilas e não há aquele buzinasso ou xingamentos comuns em grandes cidades.

Mas fique bem atento e tenha paciência, pois os limites de velocidade, mesmo nas rodovias, são baixos. As estradas e ruas são ótimas, lisas e muito bem sinalizadas, então às vezes você pode acelerar o carro sem perceber e passar do limite.

Veja abaixo as principais rodovias de Oahu:

  • H-1:  sai de Kahala e vai até Kapolei, onde se une à Farrington Highway. A H-1 é a rodovia mais movimentada e mais usada em Oahu;
  • H-2: atravessa a cidade de Waipahu, passando por Mililani, até a cidade de Wahiawa;
  • H-3:  atravessa o subúrbio de Aiea, através das comunidades de Kaneohe e Kailua;
  • Nimitz Highway / Ala Moana Boulevard: vai de Pearl Harbor a Waikiki; é a rota principal do aeroporto para Waikiki;
  • Pali Highway: vai do centro de Honolulu à cidade de Kailua, na costa norte;
  • Kalanianaole Highway: começa no extremo leste da costa sul e atravessa os subúrbios de Hawaii Kai, seguindo para a costa leste;
  • Kamehameha Highway: começa em Pearl Harbor, passando pelas comunidades de Aiea e Pearl City, depois pelo centro de Oahu, segue para a costa norte e continua na costa leste, terminando na cidade de Kaneohe;
  • Farrington Highway : Começando na Kamehameha Highway ao norte de Pearl Harbor, e segue para a costa oeste; outra parte da rodovia também serve à parte oeste de North Shore , terminando em Waialua. 

ONDE SE HOSPEDAR EM OAHU

Oahu tem opções de hospedagem para todos os bolsos: de resorts super luxuosos e hotéis acessíveis, a ilha oferece uma infinidade de opções.

Se você procura uma vibração mais cidade grande, com shoppings e inúmeros restaurantes, Waikiki sem duvida é o seu lugar.

 Se procura uma vibe mais roots, com as melhores praias para surfar no inverno,  ou competições de surf, a pedida é a costa norte, já para quem quer mais sussego e lindas paisagens sugiro a costa leste ou oeste.

Se você procura resorts é a região de Koolina, Waikiki e Turtle Bay que você deve procurar. Vale frisar que não há hotéis com sistema all inclusive no Hawaii.

E, se não pretende alugar um carro, você deve ficar na costa sul que é de mais fácil acesso. Para economizar tempo de deslocamento, recomendamos que você divida a estadia de acordo com o seu roteiro, hospedando-se em lados diferentes da ilha.

Em um resumo, pode-se dizer que as regiões de acomodações sugeridas aqui, são divididas em: Costa Sul, Norte, Oeste e Leste.

Nós dividimos os cinco dias de viagem em duas partes: ficamos três dias no Royal Hawaiian Hotel (Costa Sul) e dois dias no Turtle Bay Hotel (Costa Norte), ambos muito bons, e confortáveis.

No primeiro hotel, o The Royal Hawaiian, ficamos literalmente no centro de Waikiki, um lugar muito movimentado dês de cedo, até tarde da noite, diferente do Turtle Bay Resort, que foi nosso segundo hotel, e fica localizado na costa norte em um lugar sem lojas em voltas, sem o movimento das ruas do centro de waikiki, mas tão bom quanto.

Mais uma vez, a estratégia de ficar em diferentes pontos foi muito boa, pois vimos toda a ilha, e os diferentes pontos dela. Em Oahu você consegue ver diferentes cenários, des de grandes prédios, e uma cidade grande, até praias paradisíacas, muita natureza e montanhas.

Tudo o que vimos, e a experiência que passamos por toda a ilha foi sensacional, conseguimos mais uma vez sentir aquele clima diferencia que o Havaí passa e nos sentimos bem demais. Confesso que conseguir entender porque ela é uma das ilhas mais visitas pelos turistas.

CLIQUE AQUI para ver as nossas sugestões de hospedagem em Oahu, separadas por regiões

ONDE COMER/ BEBER EM OAHU

Oahu é um paraíso gastronômico, repleto de restaurantes, food trucks e mercados. Vale a pena experimentar de tudo: desde as receitas caseiras locais aos pratos de cozinhas internacionais.

A diversidade na ilha é gigante (talvez por ser uma das mais visitada pelos turistas) começando por restaurantes de comidas locais que utilizam ingredientes cultivados localmente, sem adição de conservantes e aqueles temperos prontos que conhecemos. Proporcionando um sabor único e havaiano, o que deixa a experiência do lugar ainda melhor, e traz uma verdadeira imersão a ilha. 

Mas nem só de restaurantes locais vive a ilha, principalmente na área de Waikiki onde o turismo se concentra. Lá a variedade de famosas redes mundiais de comidas é gigante, com restaurantes como: Cheescake Factory, Hard Rock e PF. Changs.

Alguns restaurantes que nos chamaram a atenção, e que sentimos todo o clima havaiano foi o Roy´s Beach House, e o tradicional Duke´s, ambos a beira mar com um ambiente bem rústico e havaiano parecendo um clube de praia. E as sobremesas não ficam de fora, em Oahu conhecemos muitas sorveterias incríveis.

Não temos o que reclamar, atendimento excelente, comidas muito boas, bebidas a beira mar, enfim com certeza você vai achar na ilha algo que te agrade.

CLIQUE AQUI para ver nossas sugestões de onde comer em Oahu.

COMPRAS EM OAHU

Se a sua intenção for fazer compras, Oahu é o destino certo para você. Lá você vai encontrar todas as lojas de redes conhecidas e de grifes, além de shoppings e lojinhas.

Nas lojas ABC Stores, Long Drugs, Whalers General Store e em supermercados como Costco, Foodland e Big Save você encontra uma variedade de presentes do Hawaii e produtos alimentares, às vezes, por preços bem mais em conta.

Na ilha também há lojas de departamento como Bloomingdale’s, Saks, Neiman Marcus, Macy´s, Nordstrom e Ross Dress For Less e lojas de varejo como: Walmart, Target, TJ Maxx e Costco.

Para os surfistas: Volcom, Quiksilver, Ripcurl, Billabong, T&C Surf, Honolua Surf Co, Surf N Sea, HIC Surf, T&C Surf, North Shore Surf Shop, Volcom, Quiksilver, Kimo’s Surf Hut, Surfboard Factory Hawaii e Aloha Board Shop.

Abaixo separamos os pólos de compras por região:

Costa Sul

A Costa Sul, mais especificamente o bairro de Waikiki, concentra todas as lojas de grifes e conhecidas. Caminhando pela Avenida Kalakaua é possível passar por todas elas, pois uma é continuação da outra.

No Royal Hawaiian Center, um enorme e charmoso shopping a céu aberto ao lado do Pink Hotel, há várias lojinhas famosas como Apple Store, Fendi, Harley Davidson, Harry Winston, Hermes, Jimmy Choo, Kate Spade, Louis Vuitton, Salvatore Ferragamo, Tiffany & Co, Tory Burch e Valentino. E lojinhas interessantes que conheci lá como Gillia, Hawaiian Island Arts, Honolulu Cookie Company, Island Slipper, Island Soap & Candle Works, Koa Nani, Koi Honolulu, Malie Kai Chocolates, entre outras. Vale dizer que lá fica o Cheescake Factory e que, em alguns dias, acontecem shows de hula ao vivo.

Em frente, do outro lado da rua, está o Luxury Row, conhecido como a 5ª Avenida do Hawaii por reunir lojas de luxo como Chanel, Gucci, Saint Laurent, Miu Miu, Bottega Veneta, entre outras.

Outro local que vale a pena conferir é o DFS (T Gallery), localizado na Royal Hawaiian Avenue. É um dutty free onde você encontra roupas, acessórios e vários produtos de marcas famosas e de luxo.

Caminhando é possível chegar ao Waikiki Shopping Plaza e passear por seus seis andares repletos de lojas como Victoria’s Secret, Armani Exchange, Lululemon, Sephora, ABC, Honolulu Cookie Company e Aloha Outlet.

Ainda na Kalakaua Avenue fica o International Market Place, outro shopping ao ar livre com vários restaurantes e lojinhas, como ABC Stores, Abercrombie & Fitch, ASICS, Balenciaga, Billabong, Burberry, Christian Louboutin, Crazy Shirts, Flip Flop Shops, Fossil, Free People, Hawaiian Island Creations, Hollister Co, Honolua Surf Co, Honolulu Cookie Co, Hurley, Jo Malone, L’Occitane en Provence, Martin & MacArthur, Lush, Maui Divers Jewelry, Michael Kors, National Geographic Fine Art Galleries, Oliver Peoples, Pandora, Rolex, Saks Fifth Avenue, Sand People, Seafolly Australia, Sunglass Hut, Surf Line Hawaii, Swarovski, Tesla, Vans, Vilebrequin, entre outras.

Tem também a galeria Pualeilani Shops, localizado no hotel Hyatt Regency Waikiki, onde há lojas como ABC, Billabong, Cinnamon Girl, Crazy Shirts, Dylan’s Candy Bar, Function Surf, Lani Aloha Bear, Nohea Gallery, Rainbow Boutique, Stoke House, Sunglass Hut, UGG, Ukulele House, Urban Outfitters e Volcom.

Collections of Waikiki: conjunto de galerias localizadas nos hotéis Sheraton Waikiki, The Royal Hawaiian, Luxury Collection Resort, Moana Surfrider, A Westin Resort & Spa e Sheraton Princess Kaiulani. Reúnem restaurantes e lojas, como Angels by the Sea, Crocs, Chapel Hats, Lawson Station, Melie Organics, Martin & MacArthur, Maui Divers Jewelry, No 8, Rimowa, Reyn Spooner, Sand Peopel, Tori Richard, Waikiki Christmas Store, Volcom, entre outras.

Ali perto você também encontra o Waikiki Beach Walk – mais um a céu aberto – O local conta com muitos restaurantes e lojas legais como Blue Ginger, Crazy Shirts, Mahina, Malibu Shirts, Quiksilver, ABC, Na Hoku, Soha Living, Coco Mango, Kahala Shirts, The Ukulele Store, Waikiki Christmas Store, entre outras. O restaurante/bar The Yard fica lá.

Um pouco distante do centrinho de Waikiki, no interior do Hilton Hawaiian Village, está o Hilton Hawaiian Village Shops, onde há várias boutiques, restaurantes e bares, com opções para todos os gostos. No lobby principal fica a loja Ānuenue Logo Store com produtos para pele e cabelos, além de lembrancinhas. Na Kalia Tower está a Aloha Ukulele, Making Waves e Maui Clothing Company. No Tapa Concourse fica a ABC Store, Martin & MacArthur, Blue Ginger e Louis Vuitton. Na The Ali’i há lojas como Moana Quilts e Boutique Sharon. O Rainbow Bazaar reúne lojas mais conhecidas como Honolulu Cookie Company, Angels by the Sea, Harley-Davidson, Honolua Surf Co, Tori Richard, Na Hoku e The Pearl Factory. Na Diamond Head Tower tem uma Whaler’s General Store e uma Lamont’s Gift & Sundry. E na Rainbow Tower fica uma Volcom e Kariza Designs 

A oeste de Waikiki, no bairro de Ala Moana, fica o Ala Moana Center, maior shopping ao ar livre do mundo. Ele é realmente gigantesco, com muitas lojas de departamento e grifes, tanto que ficamos confusos para localizar o que queríamos. Nossa recomendação é que você pesquise as lojas antes de ir. Algumas já conhecidas pelo público: Abercrombie & Fitch, All Saints, American Eagle Outfitters, Apple, Barnes & Noble, Bath & Body Works, Bloomingdale’s, Forever 21, Fossil, Gap, Hollister, Macy´s, Marshalls, Neiman Marcus, Nordstrom, Old Navy, Planet Blue, Rip Curl, Ross Dress for Less, Saks, Sephora, Target, Tesla, Uniqlo, Vans, Victoria´s Secret, Disney Store, Lego Store e Zara. Lojas de grife como Bottega Veneta, Celine, Chanel, CH Carolina Herrera, Dior, Dolce e Gabana, Gucci, Hermes, Harry Winston, Miu Miu, Prada, Tod´s e Valentino. Algumas lojas que conhecemos lá e achamos muito legais: Crazy Shirts, HIC Surf, Hilo Hattie, Island Slipper, Long Drugs, Big Island Candies, Manaola, Malie, Martin & MacArthur, Maui Divers Jewelry, Na Hoku, Reyn Spooner, Beyond the Reef, Sand People e T&C Surf Designs. Em uma vila japonesa com vários restaurantes encontramos uma sorveteria muito legal chamada Charmy´s, com diversas opções diferentes como o cone de waffle.

Perto do Ala Moana Center, na região de Kakaako encontra-se o Ward Center, um complexo, com restaurantes e algumas lojinhas interessantes, com destaque para: Blue Bird Jewelry, Crazy Shirts, Hakubundo, Jewelry Plus Hawaiʻi, Martin and MacArthur, Noa Noa, Mahina, Kaka‘ako Farmers Market, Red Pineapple, Kipuka, Mori by Art + Flea’s, Nordstrom Rack, Patagonia, Salvage Public, Hula Supply Center, T.J. Maxx, The Hawaiian Lei Company, Na Mea Hawaii, We Are Iconic e Kealopiko.

a região de Kakaako oferece ainda a galeria SALT At Our Kakaako: conhecida por seus grafites e cervejarias, um centro criativo para artistas e empresários, com restaurantes, lojas e eventos. Entre as lojas estão The Ukelele Site, Kahala, Paiko, Milo, Treehouse e Urban Island. Vale a pena conhecer as inúmeras lojinhas diferentes e fazer uma parada em uma das cervejarias.

Com 56 metros de altura, o Aloha Tower Marketplace já foi o edifício mais alto do Hawaii. O local é acolhedor e tem áreas ao ar livre nos piers 8, 9 e 10. Com ótimas opções de refeições e música ao vivo durante todo o dia, é um local onde os turistas vão muito mais para comer do que para comprar. Para quem gosta de livros, há uma Barnes & Noble.

Chinatown: bairro moderno, com diversas butiques, ótimos restaurantes, vida noturna movimentada. Também é um bom lugar para comprar souvenirs, pois está repleta de lojas, galerias de arte e mercados. O único “problema” é o tráfego de carros na região, o que torna difícil encontrar estacionamento. Na rua Pauahi Street estão as boutiques mais bacanas. Algumas lojas legais na área: Barrio Vintage, Owens & Co, Ginger 13, Roberta Oaks, In4mation e Homecoming.

A leste de Waikiki, o bairro de Kahala, oferece o Kahala Mall, onde há varias lojas locais e restaurantes, incluindo um Whole Foods Market. Lá você encontra lojas como Longs Drugs, Macy´s, Ross, Apple Store, Reyn Spooner, T&C Surf Designs, Soha Living, Honolulu Surf Room, Mahina, Nohea Gallery, Fighting Eel, entre outras.

Perto da famosa Baía de Hanauma, fica o centro comercial Koko Marina Center, ele conta com algumas poucas lojas locais como Cookie’s Clothing Co e Cosmopolitan Sun Shop. Lá também tem uma Walgreens e vários restaurantes legais como a famosa cervejaria de Big Island, Kona Brewing Co, um food truck do Leonard´s Malasada, o sorvete de mochi da Bubbies Homemade Ice Cream e o hamburguer do Teddy’s Bigger Burger. A variedade de opções gastronômicas faz dele um local mais procurado para comer do que para fazer compras.

Outras lojinhas legais na região: Bailey’s Antiques & Aloha Shirts, Native Books, Na Mea Hawaii, Fighting Eel, Pegge Hopper Gallery, Sig Zane Designs e Kamaka.

Centro

Na área perto de Pearl City, um Outlet chamado Waikele Premium Outlet tem preços bem bacanas e oferece marcas como: Adidas, Armani, Asics, Banana Republic, Calvin Klein, Coach, Converse, Crocs, Guess, Kate Spade, Kipling, Lacoste, Levis, Michael Kors, Polo Ralph Lauren, Saks Fifth Avenue, Samsonite, Swarovski, Tommy Hilfiger, Tory Burch e Vans.

Outro centro comercial nos arredores de Pearl City é o Pearl Highlands Center que reúne marcas como Sam’s Club, Ross, Ulta Beauty, entre outras lojas e restaurantes.

Localizado em ‘Aiea, o Pearlridge Center é o maior shopping fechado do Hawaii. Entre as lojas que você encontra lá estão Aloha Soap Factory, American Eagle, Ann Taylor, Bed Bath & Beyond, Crazy Shirts, Long Drugs, Down to Earth, Foot Locker, Forever 21, HIC, Hollister, Mac, Macy´s, Pandora, Ross, Sears, Sephora, T&C Surf, TJ Maxx, Tamura´s, Vans, Victoria´s Secret e Sweet Okole Jewelry.

Aloha Stadium Swap Meet: maior arena ao ar livre do Hawaii, o estádio abriga o time de futebol da Universidade do Hawaii e organiza eventos esportivos profissionais, shows, feiras e o popular Aloha Stadium Swap Meet, em que as famílias se reúnem.  Desde 1979, o Aloha Stadium Swap Meet reúne mais de 400 artesãos e artistas de todo o mundo, que vendem suas peças ecléticas, lanches locais populares e outros produtos fabricados localmente. É um evento interessante para quem quer levar um presente típico para casa.

Em Mililani fica o Town Center Of Mililani, com 70 lojas e restaurantes e o Mililani Marketplace, que contam com alguns restaurantes e poucas lojinhas. 

E Wahiawa oferece o Wahiawa Shopping Center, que conta com um Foodland e uma Long Drugs.

Costa Leste

Windward Mall: semelhante ao Pearlridge, esse shopping fechado fica em Kāneohe e oferece marcas conhecidas mundiamente, além de lojas locais exclusivas. Alguns exemplos: T&C Surf Designs, Victoria’s Secret, Macy’s, Claire’s,Victoria’s Secret, Raw Body Essentials, The Face Shop, Ross Dress for Less, entre outras.

Kailua Town: Kailua é uma pequena cidade exótica, com muitas boutiques e restaurantes incríveis. Vale a pena demais reservar uma tarde para bater perna por lá, pois tem muitas coisas legais para ver e a cidade tem uma cultura única, além de praias lindas como Lanikai e Kailua. Algumas lojas que você encontra lá: Kailua Moon Boutique, Lanikai Bath & Body, Sand People, Soha Living, Island Treasures, Island Bungalow, Olive Boutique, Aloha Swim, San Lorenzo Bikinis, Hawaiian Island Creations, Red Bamboo, Guava Shop, Aloha Superette, Mahina, Kaohao Country Store e ULTA. Visite mercados como Whole Foods Market, Down to Earth, Foodland, Kailua General Store e Kalapawai Market. Aproveite que está área para tomar uma cerveja na Lanikai Brewery e comer um hambúrguer no Teddy’s Bigger Burgers. É incrível.

Costa Norte

Ir ao Hukilau Marketplace, no Centro Cultural da Polinésia na cidade de Laie é como voltar aos anos 50. O local oferece comida nostálgica, produtos locais e hospitalidade de sobra. Algumas lojinhas que você pode gostar de visitar: Tahitian Treasures, Na Hoku, Pearl Factory e Nona’s Threads, e muitos restaurantes. Além disso a cidade também conta com o Lāʻie Shopping Center, com algumas outras opções para compras.

Haleiwa é uma cidade histórica, com personalidade única, muitas boutiques, comida e galerias. Fica em uma região rústica, com uma infinidade de boutiques locais (não tem lojas de grandes redes). O centrinho comercial, na Kamehameha Highway, é muito charmoso e suas lojas de surfe e restaurantes estão localizados principalmente dentro de três complexos principais: o North Shore Marketplace, o Haleiwa Town Center e o Haleiwa Store Lots. Eles contam com lojinhas legais como: Silver Moon Emporium, Tahitian Pearl Store, Tini Manini, Patagonia, Aloha General Store, Polynesian Treasures, Barnfield’s Raging Isle Surf, Guava Shop, Kahala Sportswear, Mahina , Malibu Shirts, Splash! , T&C Surf, Maui Divers Jewelry, 808 Boutique, Sand People, Happy Haleiwa, Kai Ku Hale, Lemuria Crystal Shop, Ocean Queen, Pakaloha Bikinis, Truffoire, V Boutique, entre outras.

Lá também há várias galerias de artes como: Clark Little Gallery, Haleiwa Art Gallery, Tabora Gallery, Wyland Gallery, Polu Gallery e Wy’s Gallery. Aproveite para tomar o famoso shave ice do Matsumoto Shave Ice.

Outras lojas legais: Growing Keiki, Tropical Rush Surf Co, Surf N Sea e North Shore Soap Factory.

Costa Oeste

Ka Makana Ali’i: shopping com algumas lojas interessantes, restaurantes, teatro etc. Entre as lojas estão: Adore, American Eagle, Bath & Body Works, Famous Footwear, Foot Locker, GNC, Godiva, H&M, Hollister, Macy´s, Old Navy , Reyn Spooner, Rip Curl, Sephora, Soha Living, T&C, Victoria´s Secret e Volcano. Vale frisar que nesse shopping tem Five Guys, Cheescake Factory, Johnny Rockets, entre outros restaurantes de franquia que só se encontram lá.

Kapolei Shopping Center: acredito que o menos interessante entre todos, conta com algumas lojinhas e restaurantes.

Ko Olina Station & Center: localizado em Kapolei, esse complexo ao ar livre oferece lojas e restaurantes, incluindo: Gallery Olani, Honolua Surf Co, Island Sole, Mahina, Maui Divers Jewelry, Pineapples Boutique, Things Unique e Tommy Bahama.

Kapolei Commons: centro comercial com várias opções de gastronomia, compras e eventos. Algumas lojas: Hawaiian Island Creations, Marshalls, Ross, Target, T.J. Maxx, Ulta Beauty, Down to Earth, entre outras.

DESTAQUES EM OAHU

Pearl Harbor: um dos lugares imperdíveis para quem vai a Oahu. O local era a base naval americana em 1941 quando sofreu um ataque surpresa de soldados japoneses que motivou a entrada dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial. Graças à importância histórica do evento, tornou-se um parque que abriga um museu e que permite, inclusive, passeios de balsa para visitação do memorial que foi erguido sobre os destroços do barco naufragado, o USS Arizona.

Pearl Harbor

Polynesian Cultural Center: outra atração que você não pode perder, esse local te dá a chance de conhecer a cultura do Hawaii e de mais sete aldeias da Polinésia. Os povos tradicionais de locais como Samoa, Rapa Nui, Tonga, Tahiti, Marquesas, Aotearoa e Fiji compartilham sua vivência por meio de exposições, aulas de ukulelê e outras práticas, e eles oferecem também luaus e shows.

Polynesian Cultural Center – Créditos: Claudine Van Massenhove/Shutterstock.com

Snorkel em Hanauma Bay: esse é o local ideal para praticar snorkel. A baía paradisíaca de Hanauma Bay tem belos corais e uma vasta vida marinha que inclui peixes inríveis e tartarugas. Mas chegue cedo, pois há um limite de pessoas que podem visitar o local por dia. Para entrar, é necessário pagar uma taxa de US$ 7.

Hanauma Bay

Visite cenários de filmes famosos no Kualoa Ranch: o Kualoa Ranch, no lado leste de Oahu, oferece vários tours para visitação de locações de filmes e programas de TV como Jurassic Park e Hawaii Five-0. Algumas atrações que chama a atenção dos cinéfilos são as pegadas de Godzilla e o visual das Koolau Mountains. Você também pode fazer expedições pela selva, conhecer uma ilha secreta e passear de quadriciclo em meio à deslumbrante paisagem tropical. Além disso, eles também oferecem atividades como tirolesa e passeios a cavalo.

E não deixe de fazer um passeio de caiaque para o Chinaman’s Hat, uma pequena ilha perto do Kualoa, onde você pode caminhar até o topo e ter uma vista maravilhosa das cordilheiras de Koʻolau e da costa.

Kualoa Ranch

Voo panorâmico em Oahu: faça um passeio de helicóptero e tenha uma visão privilegiada das paisagens do Hawaii, sobrevoando vales e cachoeiras inacessíveis por terra, além de algumas das praias mais belas do mundo, vistas panorâmicas de Waikiki, Diamond Head, cordilheira de Koʻolau, Baía de Hanauma e até a base naval de Pearl Harbor.

Há várias empresas que oferecem o serviço, como: Blue Hawaiian Helicopters, Mauna Loa Helicopter Tours, Paradise Helicopters e Magnum Helicopters.

Vista aérea de Waikiki – Créditos: SvetlanaSF/Shutterstock.com

Fazer uma trilha: Oahu tem diversas trilhas incríveis para todos os níveis de dificuldade. Mesmo as mais fáceis oferecem vistas sensacionais, como a Diamond Head Crater Hike, uma das mais populares em Oahu. O caminho já vale muito a pena, em 30 minutos você chega ao topo, de onde se tem uma vista magnífica de Waikiki e das belas cores do mar havaiano. Outra trilha que fizemos e achamos incrível, foi a Lanikai Pillbox. Ela é um pouco mais difícil, mas a vista vale a pena demais.

Algumas outras trilhas que valem a pena: Makapu’u point Lighthouse Trail, Kaena Point Trail, Koko Head Stairs, Manoa Falls Trail, Crouching Lion Hike, Ehukai Pillbox, Aiea Loop Trail, Kamanaiki Ridge Trail, Kuliouou Ridge Trail, Pink Pillbox Trail, Olomana Trail, Wiliwilinui Ridge Trail, Lulumahu Falls e Moanalua Middle Ridge(Haiku Stairs).

Diamond Head Crater Hike

Nadar com tubarões: se você é do tipo aventureiro, esse passeio é para você. A One Ocean Diving fica na Costa Norte de Oahu e faz um trabalho de preservação de tubarões ao redor do mundo. Os mergulhos são feitos na companhia de mergulhadores e biólogos marinhos profissionais que te levam para conhecer várias espécies de tubarões. Durante o passeio, você aprende sobre a biologia, a fisiologia e o comportamento dos tubarões, como interagir com eles com segurança e como ajudar a salvá-los da extinção.

Nadando com tubarões – Créditos: Oahu por T McDade/Shutterstock.com

Visite fazendas/plantações locais: as fazendas também são parte importante da cultura do Hawaii, por isso, não deixe de conhece-las. A Dole Plantation é uma das atrações turísticas mais populares de Oahu, uma fazenda de abacaxi que oferece atividades agradáveis ​​para toda a família, incluindo passeio de trem pela plantação e o labirinto do jardim do abacaxi. Lá também tem uma lojinha com várias opções de presentes, mimos típicos locais, além de alimentos e bebidas, como o famoso Dole Whip. Além de tudo,  você ainda pode comprar abacaxi fresquinho

Outros locais que você pode gostar: Kahuku Farms, Tropical Farms of Hawaii, Kō Hana Distillers, Lonohana Estate Chocolate, Kahumana e Gunstock Ranch.

Labirinto da Dole Plantation – Créditos: Roman/stock.adobe.com

Skydive (pular de paraquedas): outra atração para os mais ousados, o skydive permite que você voe pelo céu havaiano a 120 quilômetros por hora. Sem dúvida, uma lembrança que você levará para toda a vida. Algumas empresas que oferecem o passeio, como a SkyDive Hawaii e a Pacific Skydiving.

Skydive em Oahu – Créditos: Minichka/Shutterstock.com

Assista a uma competição de surf: você está na terra do surf, portanto, não pode deixar de ver um evento desse esporte. Nos meses de novembro e dezembro, quando as ondas gigantes atraem surfistas profissionais do mundo inteiro para a Costa Norte, acontecem competições importantes como o Billabong Pipe Masters e o The Eddie Aikau Big Wave Invitational. Mas não deixe de pesquisar o calendário de eventos antes de ir, pois pode mudar conforme as condições do tempo.

Surf em Oahu – Créditos: Phillip B. Espinasse/Shutterstock.com

Faça uma aula de surf : não há lugar melhor para aprender a surfar do que no berço desse esporte. Há dezenas de escolas nas praias de Waikiki, que tem ótimas condições para surfistas iniciantes. Fazer aula de surf em North shore também é uma experiência que vale muito a pena.

Muitos hotéis oferecem aulas de surf, e escolas como: Uncle Bryan’s Sunset Suratt Surf Academy, Hans Hedemann Surf School, Ohana Surf Project, Gone Surfing Hawaii, North Shore Ohana Surf School, Faith Surf School Hawaii, Sparky’s Surf School, Big Wave Dave, Surf HNL, Surf n´Sea e North Shore Surf School.

Aula de Surf

Curtir a costa leste: reserve pelo menos um dia para conhecer a costa leste da ilha, mais especificamente a região de Kailua e Lanikai. Kailua é uma grande cidade residencial, popular graças a belas praias e ao seu gracioso centrinho com várias lojas legais. A Kailua Beach já foi eleita inúmeras vezes como uma das melhores praias do mundo. A praia de Lanikai também é linda e tem uma trilha com vista maravilhosa, a Lanikai Pillbox.

Das praias de Kailua e Lanikai, é possível alugar um caiaque e ir para as Mokulua Islands, um santuário de pássaros onde também é possível ver tartarugas e se deslumbrar com a vista da ilha a partir da água. Ir por conta própria pode ser um pouco cansativo e é necessário ter experiência, as vezes vale mais uma excursão guiada.

Lanikai / Kailua

Relaxar nas praias: Oahu tem praias para todos os gostos: de mar agitado para quem quer pegar onda às mais tranquilas, para quem prefere relaxar, além de opções para mergulhar e apreciar a beleza do fundo do mar.

Algumas praias para conhecer: Hanauma Bay, Lanikai, Kailua, Makua Beach, Sunset Beach, Kuloa Beach Park, Waimea Bay, Makapu’u Beach, Yokohama Bay, Makaha Beach, Sandy Beach, Ko Olina Lagoons, Waimanalo Beach, Nanakuli Beach Park, Cockroach Beach, Electric Beach, Bellows Beach, Kahana Bay e Ala Moana Beach.

Praias em Oahu

Participar de um Luau Havaiano: esse é o tipo de rolê que você não pode deixar de fazer quando for ao Hawaii. É a maneira mais divertida de conhecer a cultura local, participando de um evento típico e muito bonito, com a gastronomia tradicional, coquetéis e a famosa dança havaiana. Dê uma ao pesquisada antes de ir e compre seu ingresso com antecedência, pois essas festas são super disputadas.

Um dos luais mais famosos é o Paradise Cove, na costa oeste, mas há muitos outros como: Ali’i Luau (The Polynesian Cultural Center), Chief’s Luau (Wet’n’Wild), Germaine’s Luau e Hale Koa Hotel Luau. Além dos luaus, a cidade oferece uma variedade de apresentações, como o show Rock-A-Hula no Royal Hawaiian Theater, ótima opção especialmente para quem curte os shows da Broadway

Luau Havaiano

Ver os fogos de artificio no Hotel Hilton Hawaiian Village: às sextas-feiras, no final da tarde, você pode sentar-se na areia da praia e assistir aos fogos de artifício. São cerca de 10 minutos de belas luzes e explosões que valem a pena. Chegue cedo para conseguir um bom lugar e aprecie o espetáculo que fica ainda mais bonito com o reflexo das luzes na lagoa do hotel.

Fogos de artificio no Hilton Hawaiian Village – Créditos: Phillip B. Espinasse/Shutterstock.com

Apreciar as vistas incríveis dos lookouts: as estradas de Oahu têm vários mirantes para que você não perca nenhuma das belíssimas paisagens da ilha. Essa é outra vantagem de alugar um carro: é só descer e aproveitar o visual para fazer fotos incríveis.

Alguns pontos que valem a parada: Tantalus lookout, Nuuanu Pali lookout, Lanai Lookout, Halona Blowhole Lookout, Makapuu Lookout,  Laie Point State Wayside, Hanauma Bay Lookout e Punchbowl Scenic Lookout.

Lookouts em Oahu

Passeio pela Avenida Kalakaua em Waikiki: Waikiki é um bairro de Honolulu conhecido como o centro do turismo no Hawaii. Famoso por ostentar hotéis arranha-céus e históricos, alguns do início do século XX, como o Royal Hawaiian Hotel e o Moana Surfrider, primeiro hotel de Waikiki, construído em 1901.

A rua principal de Waikiki é a avenida Kalakaua, onde se concentram hotéis, várias lojas, shoppings e restaurantes que atraem multidões. É a Quinta Avenida do Hawaii. Lá você também pode assistir vários shows gratuitos e apresentações noturnas pela rua.

Kalakaua Avenue

Passeie por belos jardins: os vários parques espalhados por toda a ilha também são uma ótima opção de passeio em contato com a natureza. Faça uma trilha no Waimea Valley e conheça diversas espécies de plantas pelo caminho que leva a uma belíssima cachoeira. Outro local que costuma render fotos incríveis é o Hoʻomaluhia Botanical Garden, com aproximadamente 400 acres de plantas de lugares como Ásia, África, Polinésia e Américas. O Wahiawa Botanical Garden também não decepciona na diversidade de espécimes que apresenta. E se você quer ser surpreendido, vá ao Byodo-In Temple, um lindo templo budista aos pés da Cordilheira Ko’olau com jardim no estilo japonês.

Hoʻomaluhia Botanical Garden / Byodo-In Temple

Visite os campos de girassóis: um dos passeios mais procurados pelos turistas, conhecer os campos de girassóis vai muito além de tirar belas fotos. Alguns fazendeiros apresentam a agricultura e ensinam sobre as propriedades da flor aos visitantes. Outubro e novembro são os meses que geralmente rola passeios e os campos estão em locais como Waialua (Dupont Pioneer), Waimanalo (Waimanalo Country Farms) e Kapolei (Aloun Farms). Recomendamos que você entre em contato antes de ir, para ter certeza de que o local está aberto.

Waimanalo Country Farms

Conheça a cultura havaiana: há muito para se conhecer sobre esse povo que preserva muitas tradições ancestrais até hoje e você pode ter o privilégio de vivenciar por meio da gastronomia, dos espetáculos de dança, dos museus e do contato com os nativos. O Iolani Palace pode ser um bom começo, pois foi a residência da família real havaiana. O Bishop Museum reúne muitos artefatos históricos e o Honolulu Museum of Art, ostenta muitas peças de arte asiática, européia, americana e polinésia.

Você também encontrará muita história em locais como: Hawaiʻi State Capitol, Kawaiahao Church, National Memorial Cemetery of the Pacific, Honolulu Hale, Pu’u O Mahuka Heiau State Historic Site, Washington Place, Hanaiakamalama (Queen Emma Summer Palace), Hawaiian Mission Houses e Ali’iolani Hale.

Iolani Palace

Visite Chinatown: o bairro é recheado de mercados com produtos orientais e ótimos restaurantes que valem a visita. Além disso, várias banquinhas de antiguidades e de flores ao lado de edifícios históricos tornam o local ainda mais interessante.

Chinatown – Créditos: Theodore Trimmer/Shutterstock.com

Aprecie a arte de rua em Kaka’ako: há alguns anos, os grafites transformaram o bairro – antes famoso por armazéns deteriorados – em um point de arte de qualidade. Além disso, quem vai até lá também aproveita para conhecer ótimos restaurantes, lojas e cervejarias artesanais, como a Waikiki Brewing Company e a Honolulu Beerworks. Outra cervejaria super bacana é o Brewseum, que já funcionou como museu militar e ainda exibe algumas de suas peças.

Kaka’ako

North Shore: a Costa Norte de Oahu recebe visitantes de todas as partes do mundo, em busca de suas paisagens exuberantes em qualquer época do ano. Haleiwa, é a maior cidade e centro comercial da Costa Norte. Lá você experimenta uma atmosfera de cidade agrícola – já que o local antigamente tinha muitas plantações de cana de açúcar, essa região tem uma vibe única, que combina a atmosfera típica dos points de surf, com lojinhas ótimas, galerias de arte e muitos restaurantes.  

Conhecida como uma das capitais mundiais do surf é parada obrigatória dos amantes do esporte radical, que costumam aproveitar a visita para comprar equipamentos –e se aventurar nas ondas gigantes. Mas há também quem prefira fazer um piquenique com vista para o mar azul no belo gramado das diversas praias da região, como Sunset Beach, Waimea Bay e Banzai Pipeline. Não deixe de experimentar o Giovanni´s Shrimp, um delicioso camarão ao alho e conheça o Waimea Valley, um parque de 1.875 acres que abriga muitas espécies de plantas, tornando a caminhada até as cachoeiras um verdadeiro espetáculo de belas paisagens.

North Shore

Além de Waikiki, Haleiwa e Kailua, vale a pena conhecer as outras cidadezinhas/bairros de Oahu, como:

  • Kahala: bairro de Honolulu que se estende ao longo da costa sul e abriga belas e caríssimas mansões, muitas de propriedade de celebridades e empresários. É nesse bairro que se localiza o Kahala Resort e o Kahala Mall, com ótimas lojas e restaurantes.
  • Kahuku: essa pequena cidade da costa norte se localiza entre Laie e Turtle Bay. É lá que fica a Kahuku High School, onde o cantor Jack Johnson estudou até se formar em 1993. Vale a pena experimentar os pratos com camarões em um dos muitos food trucks estacionados na rua principal, a Kamehameha Highway, que atravessa a cidade.
  • Manoa: bairro residencial de Honolulu. A região é famosa por uma natureza belíssima graças às chuvas frequentes. Por lá você visitar a Universidade do Hawaii e a Manoa Falls, uma cachoeira incrível.
  • Aiea: abriga o maior shopping center coberto do Hawaii, o Pearlridge. É lá que fica o Aloha Stadium, que recebe anualmente o Pro Bowl da Liga Nacional de Futebol. Faça a Aiea Loop Trail, uma trilha longa, mas fácil de fazer que oferece uma bela vista.
  • Makaha: a pequena cidade fica na costa oeste e é bem residencial. Por isso, seu grande atrativo é a praia, Makaha Beach, que oferece ótimas ondas para os surfistas.
  • Mililani: parecida com as cidades do subúrbio dos Estados Unidos, ela fica na região central da ilha. Não oferece grandes atrativos para os turistas, mas tem shopping e parques.
  • Pearl City: na parte central da ilha, a cidade é conhecida justamente pelo nome de seu ponto turístico mais famoso, a base naval de Pearl Harbor. O local foi atacado pelo exército japonês durante a Segunda Guerra Mundial, marcando a entrada dos Estados Unidos no conflito, em 1941.
  • Wahiawa: situada no centro de Oahu, essa é mais uma cidade sem grande apelo para os turistas. Cercada de fazendas de plantações e bases militares, é habitada por integrantes das forças armadas e também por muitos filipinos. As principais atrações turísticas do entorno são a Dole Plantation e o Jardim Botânico de Wahiawa.
  • Waialua: localizada na costa norte da ilha, essa é uma pequena comunidade que abriga o Waialua Sugar Mill, um antigo engenho de açúcar que virou mercado onde são vendidos produtos cultivados localmente.
  • Waimanalo: essa comunidade da costa leste é habitada em sua maioria, por famílias originalmente havaianas. Waimanalo fica ao pé da Cordilheira Ko’olau e sua belíssima praia de areia branca atrai turistas de todos os cantos do mundo.
  • La’ie: a pequena cidade que fica na costa norte e tem uma vasta comunidade mórmon. É lá que está localizado o famoso Polynesian Cultural Center, parada obrigatória de qualquer turista.
  • Kapolei: situada na costa oeste, essa é uma cidade que tem concentrado boa parte do crescimento populacional de Oahu. Com bons hotéis, restaurantes e lojas, Kapolei ainda oferece a vantagem de estar próximo ao Wet’n’Wild Hawaii.
  • Kane’ohe: uma cidade grande e majoritariamente residencial, localizada na costa leste. há alguns restaurantes e um grande shopping, o Windward Mall. A cidade ainda oferece vários campos de golf e a baía de Kaneohe é um dos locais mais buscados para fotografias em Oahu. 
  • Wai’anae: localizada na costa oeste da ilha, essa é uma pequena comunidade, sem grandes atrações, abriga algumas praias, um porto e restaurantes.
Vista aérea da Costa Oeste de Oahu – Créditos: Dudarev Mikhail/Adobestock.com

O QUE FAZER EM OAHU

Há inúmeras atrações em Oahu, além dessas que citamos. Como nós tínhamos apenas cinco dias para aproveitar, ficamos 3 dias hospedados na costa sul e 2 dias na costa norte e fizemos os passeios que mais nos chamaram atenção. Porém, vamos listar aqui não só as atrações que conhecemos, como outras que pareceram interessantes ou estavam na nossa rota, de acordo com a região.

Veja abaixo o nosso roteiro e depois CLIQUE AQUI para ver todas as atrações de OAHU.

DICAS:

  • Não deixe de conhecer as charmosas cidadezinhas e caminhar por elas durante a noite.
  • Leia sobre história dos lugares antes de ir: é bem bacana chegar e saber o que rolou por lá.
  • Ande sempre com uma mochila ou bolsa com água, frutas e barrinhas para se alimentar e se hidratar durante os passeios. Muitas atrações não oferecem lugares para comprar e, quando tem, as vezes os preços podem ser bem altos.
  • Sempre leve roupas para trocar, assim não precisa voltar para o hotel. A maioria das praias tem banheiro e ducha.
  • Tente dividir os passeios por região para aproveitar o máximo e não perder tempo com deslocamento. Durante a semana, os picos de trânsito acontecem entre 6 e 8 da manhã e entre 4 e 6 da tarde.
  • Consulte o site do governo para saber os horários dos parques e se estão abertos na data da sua viagem.
  • Uma opção que pode otimizar o seu tempo é o  cartão GO Oahu que dá descontos em museus e passeios famosos pela ilha, como Pearl Harbor, o Centro Cultural da Polinésia, a Dole Plantation, além de luaus, trilhas e cachoeiras.
  • Não vacile com o tempo em Oahu. Se estiver chovendo muito, escolha atividades que não envolvam trilhas. E sempre use calçados apropriados para caminhadas longas.
  • Procure sempre as trilhas certificadas pelo estado para não correr o risco de tomar uma multa pesada. Há vários caminhos que cruzam propriedades particulares ou passam por áreas perigosas. Tome cuidado.
  • Ao passear, não deixe nada visível dentro do carro ou no porta-malas,  arrombamentos de carros são comuns nas ilhas.
  • Se você planeja praticar mergulho com snorkel, leve seu próprio snorkel e máscara de casa para economizar com aluguel.
  • Fique atento às praias, pois algumas podem ter fortes correntes marítimas e muitos surfistas. Fique sempre atento às sinalizações.
  • Se você planeja visitar lugares remotos das ilhas, garanta que o tanque de gasolina do seu carro está cheio e que as baterias dos celulares estão carregadas. Muitos desses ambientes podem não conter postos de gasolina, caso você precise.
  • Para otimizar a sua viagem, use o Google Maps e o Waze – e faça o download dos mapas no modo offline! Essa dica é essencial, principalmente se você quiser explorar locais mais distantes. Para fazer isso, é só baixar o Google Maps no seu celular, clicar no canto superior esquerdo (nas três linhas), clicar em “Mapas Off-Line”, depois em “Mapa Personalizado”, e selecionar a área que deseja salvar e Pronto! Agora, você pode traçar rotas mesmo sem internet no telefone. Lembrando de só fazer isso poucos dias antes da sua viagem, pois os mapas expiram.
  • Tente dividir os passeios por região para aproveitar o máximo e não perder tempo com deslocamento.

RESUMO FINAL

Já deu para entender o porquê de Oahu ser a ilha mais turística e a primeira escolha da maior parte das pessoas que vão para o Hawaii, certo? Ela oferece uma diversidade impressionante de tudo.

A ilha oferece muitas atrações naturais e diferentes opções de passeios, por isso é muito importante planejar bem o roteiro e programar cada dia que for passar lá, para otimizar o tempo e conseguir visitar o máximo possível de locais que você queira.

Leve todos os tipos de roupa para a ilha, pois você pode decidir fazer as trilhas de montanha, dar uma volta na cidade, ir à praia, comer em restaurantes elegantes… Ou seja, diversificar pode ser uma boa alternativa para aproveitar bem cada atrativo.

Se você tem a intenção de fazer muitas trilhas, tenha um plano B, pois pode acontecer de alguma delas fechar de um dia para o outro por questões climáticas e você precisar se reprogramar meio em cima da hora.

Se fôssemos fazer o roteiro novamente, incluiríamos mais um dia em Waikiki, pois realmente gostamos do clima do lugar, especialmente à noite. E também incluiríamos mais um dia na costa leste, pois gostamos muito da região.

Enfim, Oahu é uma ilha deslumbrante que tem de tudo, para todos os gostos possíves, de passeios inesquecíveis a comidas deliciosas, para ninguém sair insatisfeito de lá. Se tivéssemos que resumir essa viagem em uma frase seria: “Oahu, saudades demais”.

Se quiser saber mais sobre o Hawaii, não deixe de dar uma olhada nos nossos outros posts:

E não se esqueça de acompanhar as nossas viagens pelo instagram @rodsnaideia e dar um like na página no facebook. Valeu e continue se ligando na ideia!

Confira nossas novidades

Para receber promoções e viagens, e novidades, deixe seu email aqui.
Você só vai receber coisas realmente relevantes!

Pin It on Pinterest

Share This