O que é intercâmbio? E por que você deve passar uma temporada no exterior…

Um intercâmbio pode ser uma das melhores experiências que você pode ter na vida. Viajar, conhecer novas culturas, pessoas, lugares, ganhar aprendizado e experiência, conquistar a independência e, de quebra, ainda sair falando outras línguas.

E se você é um estudante de Ensino Médio, Superior ou de cursos de idiomas, ou simplesmente já cogitou expandir as fronteiras e sair da barreira verde e amarela para trabalhar e aperfeiçoar as suas habilidades profissionais, já deve ter ouvido muito essa frase por aí…

Mas, afinal, você sabe o que é um intercâmbio e para que ele serve? Quais são as vantagens de entrar em um programa para passar uma temporada fora do Brasil? Fique de olho nos próximos parágrafos e saiba tudo!

O que é intercâmbio?

O que é intercâmbio?

O que é intercâmbio?

De acordo com o dicionário, intercâmbio significa “permuta” ou “troca”. E esse conceito esteve relacionado, por muito tempo, com a troca – literalmente – de estudantes entre dois países.

Por exemplo, um estudante brasileiro trocava de residência e universidade com outro estudante britânico e, desta forma, ambos ganhavam novos aprendizados e experiências.

No entanto, no decorrer dos anos, a definição de intercâmbio foi mudando e, hoje, refere-se ao período que alguém pode passar fora do seu país de origem e residência e conhecer outro país com a finalidade de ampliar os seus conhecimentos e habilidades profissionais, acadêmicos ou pessoais, sem necessariamente precisar trocar de lugar com outra pessoa estrangeira.

Ou seja, se antes você podia se inscrever em um programa de intercâmbio apenas com o intuito de estudar ou trabalhar, hoje você pode aproveitar essa modalidade também para tirar férias e mergulhar em outra cultura no exterior!

É por isso que atualmente existem vários tipos de intercâmbio, de acordo com o momento da vida de cada um e com os recursos disponíveis, para você escolher como quer passar uma temporada fora do país.

Quais são os principais tipos de intercâmbio?

Quais são os principais tipos de intercâmbio?

Quais são os principais tipos de intercâmbio?

Decidir fazer um intercâmbio requer um investimento de tempo, dinheiro e, é claro, muitas expectativas também.

Para cada categoria do programa tem um certificado, requisitos para se candidatar à vaga e, ainda, as particularidades de cada experiência.

Por isso, é essencial saber escolher entre as modalidades, e entender direitinho como fazer intercâmbio para ter a melhor experiência possível.

Confira, a seguir, quais são os principais tipos de intercâmbio e quem deve fazer um cada um deles:

1 – Intercâmbio high scholl (ensino médio)

Trata-se do intercâmbio realizado por alunos do colegial, com idades entre 14 e 19 anos, que podem e passar entre seis meses a um ano estudando em uma escola no exterior.

Durante a temporada fora do país, além de aprender outro idioma, os jovens intercambistas frequentam a escola normalmente, como qualquer jovem local.

2 – Intercâmbio universitário

Experiência direcionada a estudantes do Ensino Superior, que podem passar um período no exterior estudante em outra universidade, a fim de complementar o seu curso.

3 – Intercâmbio trainee (estágio)

Programa voltado para estudantes universitários (Ensino Superior) ou recém-formados, que podem começar a carreira com mais experiência após passar um período trabalhando no exterior.

4 – Intercâmbio de idiomas

Trata-se do intercâmbio voltado para estudantes de cursos de idiomas – principalmente inglês e espanhol – que podem aprofundar o seu conhecimento e experiência em outro país estudando uma determinada língua. A duração pode ser de um mês a um ano. 

Nesta categoria, o intercâmbio no Canadá é o mais procurado.

5 – Intercâmbio para trabalho voluntário

Programa voltado a pessoas que desejam trabalhar como voluntárias no exterior, trabalhando por um período em projetos de Organizações Não-Governamentais (ONGs).

É possível ajudar crianças e idosos e até mesmo vincular-se a trabalhos voltados à vida selvagem e ao meio ambiente. Os destinos mais procurados são Chima e África do Sul.

6 – Intercâmbio Au Pair

Programa de trabalho remunerado voltado para quem vai trabalhar como babá (nanny) no exterior, especialmente nos Estados Unidos. O intercâmbio é destinado a mulheres, com idades entre 18 e 30 anos, e tem uma rotina de trabalho de, aproximadamente, 45 horas semanais.

Nessa modalidade, a intercambista trabalha e se hospeda na casa de uma família estrangeira e realiza tarefas como cuidar das crianças da casa e ajudar nos afazeres domésticos.

7 – Intercâmbio teen (de férias)

Voltado para crianças, adolescentes e jovens, esse programa de intercâmbio é realizado no período das férias escolares. Durante o período no exterior, os jovens realizam estudo do idioma e atividades de lazer.

8 – Intercâmbio em família

Trata-se de um intercâmbio personalizado para cada membro de uma mesma família.

Todas as tarefas e atividades são planejadas de acordo com a idade de cada participante. Essa modalidade é indicada para os pais que queiram viver a experiência e aprendizado do intercâmbio juntamente com os filhos.

Quanto tempo dura

Quanto tempo dura

Quanto tempo dura?

A duração de cada programa vai depender do seu objetivo, investimento, modalidade escolhida e ofertas da agência de intercâmbio que você vai contratar.

Por isso, é preciso já ter em mente a finalidade do intercâmbio, como funciona e qual país se pretende visitar para, só então, tomar a melhor decisão.

Por que fazer intercâmbio

Por que fazer intercâmbio

Por que fazer intercâmbio?

O que não faltam são motivos quando a ideia é fazer um intercâmbio. Mas aqui vão algumas razões que vão te levar a pensar seriamente no assunto: 

  • Ampliar horizontes e conhecer novas culturas;
  • Ter uma das experiências mais valiosas que alguém pode ter na vida;
  • Aprender e praticar um idioma estrangeiro;
  • Conhecer as paisagens e pontos turísticos de países que são referência em qualidade de vida, educação, segurança e mercado de trabalho;
  • Turbinar o currículo;
  • Ser mais competitivo e valorizado no mercado de trabalho;
  • Ganhar experiência;
  • Ter contato com pessoas diferentes e fazer novas amizades;
  • Aprender a ‘se virar’;
  • Tornar-se mais flexível e tolerante;
  • Saber lidar com a distância e com a saudade;
  • Passar a dar valor à família, casa e comida da mamãe…

Quanto custa fazer intercâmbio?

Quanto custa fazer intercâmbio?

E quanto custa fazer intercâmbio?

Os preços variam bastante conforme a categoria do intercâmbio desejada, país de destino e duração do programa. Por esta razão, é essencial pesquisar bastante o custo de vida no local antes de fazer as malas.

Também é possível escolher entre opções de programas com ou sem estadia incluída, o que certamente irá se influenciar no custo final da sua experiência.

Se você ficou interessado, e gostaria de um pouco mais de informações de escola, valores, moradia e trabalha, basta clicar AQUI, preencher, que logo você terá todas as informações possíveis!

Boa sorte e bon voyage!

E aí? Conhece alguém que precisa saber mais sobre o que é intercâmbio? Então, compartilhe esse post nas suas redes sociais! Aproveite também para deixar o seu comentário e tirar as suas dúvidas aqui

Pin It on Pinterest

Share This